sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Proposta dp PS para Remoção Imediata das Lombas na Rede Viária de Emergência Chumbada pela maioria PSD-CDS/PP




A proposta apresentada pelos vereadores do Partido Socialista na Câmara Municipal de Estarreja, que previa a remoção imediata das lombas delimitadoras de velocidade colocadas na Rede viária de emergência, foi rejeitada pela maioria PSD/CDS-PP do executivo.

Fernando Mendonça e Manuel Pinho Ferreira apresentaram na sessão de câmara do passado dia 8 de Novembro uma proposta para que as lombas colocadas na Rede Viária de Emergência (Rua do Vale do Antuã, entre a Ponte Velha e a Rua da Agra, estrada de ligação à Sra do Monte) fossem retiradas de imediato.

Os vereadores socialistas alegaram que as lombas «têm-se revelado, até pelo seu exagero, em número e dimensão, totalmente desadequadas à via em causa», acrescentando que aquela estrada é «uma via de emergência, que tem também a função de desviar e escoar o trânsito do centro da cidade». Trata-se de uma via «sem praticamente habitações na sua imediação e com os espaços de circulação de peões devidamente delimitados e assinalados, pelo que as lombas não fazem ali qualquer sentido».

«As queixas dos utentes, os embaraços à circulação de trânsito, os acidentes e os danos provocados em veículos», foram outros dos fatores que não deixaram indiferentes Fernando Mendonça e Pinho Ferreira, que concluíram o texto da proposta alegando: «não se vislumbrando efeitos práticos quanto aos fins que visam acautelar, as lombas, pelo contrário, são elas próprias um foco de perigo e de acidentes, facto que não se verificava antes da sua instalação».

O documento foi discutido e votado na reunião de Câmara realizada ontem, dia 22 de Novembro.

A proposta foi rejeitada com os votos contra de Abílio Silveira, Diamantino Sabina, João Alegria e Rosa Simão.

Votos a favor de Fernando Mendonça e Pinho Ferreira.

O Presidente Eduardo Matos não votou, porque saiu antes da sala.



SECRETARIADO DO PS ESTARREJA
23.Novembro.2012