quinta-feira, 7 de maio de 2009

DÚVIDAS QUANTO AO INVESTIMENTO DA CINCA EM ESTARREJA
Requerimento do PS Estarreja
enviado ao Presidente da Câmara

Exmº Senhor
Presidente da Câmara Municipal de Estarreja

Na Deliberação 363/2008, de 09.12.2008, da Câmara Municipal de Estarreja lê-se que, o Sr. Presidente apresentou a candidatura da CINCA – Companhia Industrial de Cerâmica, S A, à “…aquisição de uma área no Eco-Parque Empresarial de Estarreja, na ordem dos 400 mil a 450 mil m2, e destinada à instalação de actividades de Produção, Armazenagem e Comercialização de ladrilhos cerâmicos, centralizando toda a actividade neste local. O projecto prevê um número de postos de trabalho inicial da ordem dos 700 e de 1020 no final do projecto, comportando um investimento faseado …num horizonte de 15 anos e com um montante da ordem dos 300 milhões de euros.”

Ou seja, a notícia foi dada como se a CINCA estivesse a prever fechar as suas instalações espalhadas pela Mealhada, Ílhavo, Albergaria-a-Velha e Santa Maria da Feira, para abrir uma fábrica em Estarreja, onde centralizaria toda a sua actividade.

Nem vale a pena, neste momento, referirmo-nos ao facto de, no contrato promessa, ter sido acordado que o mesmo não produz os efeitos previstos na lei para este tipo de contrato (perda de sinal ou devolução do sinal em dobro, consoante a parte faltosa for o promitente comprador ou o promitente vendedor…), uma vez que nem terrenos disponíveis existem, legalizados, para a sua instalação…

Acontece que o jornal “Terras da Feira”, de 4 de Maio de 2009, transcreve declarações do Presidente da Câmara de Santa Maria da Feira, Alfredo Henriques, que afirma: “A Câmara falou com a CINCA sobre este processo. O que vai nascer em Estarreja é uma plataforma logística, para servir as cinco unidades da empresa”, sublinhando “não haver previsão de despedimentos” na unidade de Fiães. O autarca deu nota que Estarreja cedia 45 hectares de terreno plano, que a Feira “não tem”. Ou seja, o Presidente de Santa Maria da Feira afirma que falou com a CINCA e o que a CINCA pretende instalar em Estarreja é um armazém.

Perante isto, e a bem dos interesses de Estarreja, o PS Estarreja requer resposta à seguinte questão:
- Dado que as notícias dadas pelos Srs Presidentes das Câmaras de Estarreja e Santa Maria da Feira são totalmente contraditórias, pretendemos saber qual dos dois está a mentir? É que é impossível ambos estarem a dizer a verdade!


Estarreja, 07 de Maio de 2009
A Presidente da Comissão Política Concelhia de Estarreja
Marisa Macedo