sexta-feira, 30 de maio de 2008

NOTA DE IMPRENSA
Inauguração do IKEA: poderia estar a acontecer em Estarreja

Hoje, 30 de Maio de 2008, vai ser inaugurada a primeira fábrica IKEA, em Paços de Ferreira.
São 750 postos de trabalho directos, além dos indirectos, num total previsto de cerca de 1300.
Já foi divulgada a intenção da empresa instalar mais duas unidades fabris naquele concelho.
Poderia estar a acontecer em Estarreja, porque era aqui que inicialmente a empresa se queria instalar.
O Presidente da Câmara de Estarreja conseguiu fazer com que desistissem de vir para cá. Em vez lutar de com “unhas e dentes” para atrair o investimento, apresentando propostas e negociando-as, deslocou-se à Polónia com o Sr. Ministro da Economia, onde a sua grande medida foi apresentar um mapa para demonstrar onde ficava Estarreja, como se alguém ainda tivesse alguma dúvida!
O concelho ganhador, também do PSD, apresentou um pacote de propostas concretas capaz de atrair o investimento, como deve ser feito nestas ocasiões, e negociou-as.
Quando o PS Estarreja alertava sistematicamente para a forma pouco empenhada como a Câmara de Estarreja estava a conduzir o processo, o Sr. Presidente respondia que “o segredo era a alma do negócio”.
O resultado está aí à vista. Basta ver hoje os telejornais sobre o IKEA em Paços de Ferreira e passarmos amanhã pelo Parque Eco-Empresarial de Estarreja.
Estarreja perdeu uma extraordinária oportunidade de desenvolvimento, com reflexos únicos no tecido empresarial e económico do concelho.
O futuro de uma terra depende de se perder, ou ganhar, oportunidades destas.
O Dr. José Eduardo de Matos conseguiu perder.

Estarreja, 30 de Maio de 2008
A Presidente da Comissão Política do PS Estarreja
Marisa Macedo