segunda-feira, 3 de março de 2008

NOTA À IMPRENSA
Proposta de habitação a custos controlados
tem por base projecto do tempo do PS

A Câmara apresentou ontem, na Sessão da Assembleia Municipal, a proposta para Abertura do Concurso Público do projecto de construção de habitação a custos controlados.

Relevante, foi o facto do projecto para as habitações sobre o qual assenta a proposta, remontar ao ano de 2000, altura em que o PS era poder e o PSD oposição.

Ou seja, o muito propagandeado e auto-elogiado programa de habitação a custos controlados da actual Câmara é, uma vez mais, feito à custa de trabalho deixado pelo anterior executivo PS.

Tal como no caso do Teatro Municipal, da Biblioteca Municipal, do Parque Industrial, da Praça do Município, do ERASE, das Extensões de Saúde, entre outros exemplos, este é mais um caso flagrante de que esta Câmara só faz ou executa – por inacreditável que pareça – aquilo que o PS lhe deixou pronto. E neste caso, com oito anos de atraso.

Para além da falta de ideias e capacidade de apresentar novos projectos, a Câmara liderada pelo Dr. José Eduardo Matos lá se vai arrastando penosamente, confusa, sem novidades nem rasgos.

Pena é que seja Estarreja e os estarrejenses a pagarem por esta total atrapalhação e ineficácia.

Estarreja, 28 de Fevereiro de 2008
A Comissão Política do PS- Estarreja